Música para produzir melhor

Opa!!! Tudo certinho por aí?

Eu, desde sempre, fui doida por música. Estava sempre pertinho do rádio, pronta pra dançar, as músicas que minha mãe colocava pra ouvir enquanto fazia faxina. Ou então, eu sentadona no banco de trás da Variant amarela ouvindo as fitas k7 que meu pai colocava no toca fitas.

Lembro que tinha uns dez anos quando a minha mãe me deu meu primeiro walkman, e pude começar a ouvir as músicas que eu mais gostava. Me senti mega independente!!!!!!

Acabou que, sempre que precisava me concentrar para fazer algo, estava ouvindo música. E é assim até hoje. No trabalho, os foninhos reinavam na minha mesa, pois era a maneira que eu tinha de me “isolar” das distrações a minha volta (só lembrando que minha atenção para qualquer coisa, tem dias que beira a um estado Dory de ser) e conseguir produzir.

Geralmente ouço algo mais barulhento quando tenho que pegar pesado em algumas tarefas, e preciso ouvir algo que meu cérebro já está acostumado, para poder escrever ou criar algo. Acho que com todo mundo deve ser mais ou menos assim também.

A música pode te ajudar a trabalhar melhor!

musicatrabalho

Para isso, o interessante é encontrar as músicas ideais para cada situação/trabalho e que, lógico, sejam do seu agrado. Exemplo: se você precisa exercer habilidades cognitivas, escolha músicas instrumentais. Esse tipo de estímulo ativa seu lado criativo, especialmente se o que você precisa fazer envolve algum tipo de escrita.

A ideia é procurar algo instrumental. Te explico o motivo: quando escutamos uma música com letra, o cérebro tende a trabalhar com essa informação e muitas vezes você pode se atrapalhar na hora de escrever um simples e-mail. Se você não consegue ouvir músicas instrumentais, a dica é procurar algo em uma língua que você não domine (hora de procurar por aquele punk rock japônes =P).

Evite escutar bandas e cantores que você não conhece. Por ser condicionado a prever o que vem em seguida, dar algo novo para ele, pode desviar a atenção e te atrapalhar, em vez de ajudar. Então já deixe preparado um setlist bacana só para trabalhar, por exemplo. Há comprovação científica de que músicas mais constantes são capazes de aumentar seu desempenho e suas habilidades cognitivas. Mas lembre-se: quanto mais simples for a canção que você está ouvindo, melhor vai ser para você.

noisli

E as vezes, não precisa de música mesmo… talvez um barulhinho ambiente pode dar uma forcinha. Eu encontrei um aplicativo chamado Noisli (disponível para iOS, Android e tem extensão para o Chrome) que promete estimular a criatividade das pessoas com uma coleção de sons ambiente. Ele tem até um editor de textos (versão desktop) à prova de distrações que ainda por cima muda as cores da tela de fundo para oferecer aos usuários os benefícios da cromoterapia. Uaaaauuu!!!

Vou testar e ver se funciona,né. Vai que…

Achei uma lista de sugestões de estilos (via MegaCurioso), bandas e cantores para fazer parte da sua próxima setlist. Vamos lá?

*Jazz: esse estilo tem muitas músicas sem letras e a maioria delas é capaz de deixar você bem-humorado. Entre os melhores nomes, procure também por Miles Davis, Alice Coltrane e Thelonious Monk.

* Música clássica e erudita: há muito o que explorar quando o assunto é música clássica. Muita gente diz que Johann Sebastian Bach é ótimo para resolver questões matemáticas.

* Composições minimalistas: são músicas capazes de deixar você concentrado em quase estado de transe. É um dos estilos favoritos de quem trabalha com design. Se você quer se aventurar nesse ritmo, escolha Steve Reich e Philip Glass.

* Músicas calmas: se você precisa de sua mente calma, procure ouvir Bonobo e Cinematic Orchestra.

* Músicas ambientes: para você esquecer que está ouvindo música, procure conhecer Brian Eno e Aphex Twin.

* Trilhas sonoras de filmes: indicadas para momentos desafiadores, como reuniões ou apresentações de projetos. Entre as trilhas recomendadas estão a de “Tron” e “A Rede Social”.

* Trilhas sonoras de video games: aparentemente esse tipo de música é capaz de deixar você concentrado sem causar distração. A Orquestra Sinfônica de Londres faz versões impressionantes de algumas músicas de video game.

Existe também a possibilidade de você explorar o poder do Efeito Mozart e dar um play na “Sonata para dois pianos em Ré Maior” K.448, e ver no que dá.

(juro que vou testar essa playlist. Mas ainda funciono melhor quando dou play nisso aqui ó.

Anúncios

10 comentários sobre “Música para produzir melhor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s