Suculentas e decoração (+dicas de cultivo)

Olá pessoas!!! Depois de um pequeno hiato, voltamos a programação normal.

E hoje vou falar de uma pequena, não tão recente, paixãozinha minha: suculentas.

São plantas lindas com diversas formas, cores e texturas. Tem grande capacidade de armazenar água na raiz, no caule ou folhas e tem grande resistência a seca.

Em casa sempre tivemos muitas plantas, minha mãe sempre AMOU ter um vasinho disso, outro daquilo… resumindo: a varanda parecia uma mini Mata Atlântica.

Quando me casei, eu quis ter algumas plantas em casa também, e comecei (aventurei) pelas Kalanchoes e Calandivas (vulgo Flor-da-Fortuna). Eu sempre fui péssima com  plantas (já comentei sobre essa saga aqui), e como elas duravam bem, achei que daria certo. Pois é, não rolou kkk

Mas hoje, alguns bons anos depois, até que tenho me dado bem. Tenho 2 suculentas e uma Kalanchoe vivendo muito-bem- obrigada por aqui.

Então em breve, irei além, e quero sim colocar mais delas aqui em casa. Achei inspirações lindinhas…

 

Bom, para cultivá-las em casa, você precisa saber do seguinte:

  • A maioria dos cactos e suculentas precisa de contato direto com o sol para viver. Suculentas são intolerantes a ambientes de sombra. Por isso, é preciso separar um cantinho bem iluminado para elas.
  • Não há uma regra específica para as regas. Tudo dependerá da região, do clima, temperatura de onde você mora, além do vaso em que ela está e a quantidade de sol que recebe. Mas para estipular um padrão, podemos definir assim: no verão uma vez por semana e no inverno de uma a duas vezes por mês.
  • E para realizar a rega, molhe apenas o solo, evitando as folhas. Assim não apodrecerão.
  • Você pode verificar se sua suculenta está precisando de água da seguinte maneira: Coloque o dedo no solo. Se estiver com a terra leve e solta, e seco, a água será bem-vinda. Porém, se ainda houver umidade, espere um pouco mais para realizar a rega.
  • Caso suas suculentas estejam em cachepôs, retire-as para a rega e coloque-as de volta apenas após verificar que a água já escorreu completamente. Isso evitará que as raízes fiquem em contato com a água, e consequentemente apodreçam.
  • Se você optou por cultivar suas suculentas em recipientes que não possuem furos, faça um sistema de drenagem para que suas plantinhas não apodreçam.O primeiro passo para a montagem do vaso é criar uma barreira de drenagem.

Como montar um vaso adequado (com barreira de drenagem).

  • Adicione cascalho (pedrisco e cacos de telha também funcionam) ou argila expandida. Cubra com uma camada de manta bidim ou TNT. A manta garantirá que o substrato não seja levado embora com a água durante as regas.
  • Adicione o substrato.
  • Pegue a suculenta com muito cuidado, retire as folhas envelhecidas e limpe as que restarem. Utilize um pincel com cerdas leves e macias. Segure a planta pela base e retire com o torrão todo.
  • Coloque a suculenta no recipiente já com substrato, afofe com as pontas dos dedos e cubra o torrão com um pouco mais de substrato.
  • Finalize fazendo a cobertura citada ali em cima, com pedriscos ou outros materiais.

Para adubação orgânica utilize sempre húmus de minhoca ou outro composto orgânico. Caso prefira optar por outros adubos, existem fertilizantes específicos para cactos e suculentas.

É isso. Me conte das suas plantas favoritas! Curte suculentas? Já conseguiu matar um cacto de sede (como eu)?

 

(Imagens: Pinterest e Tumblr)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s