Projeto MMPB mostra o machismo implícito (ou escancarado) de músicas brasileiras

Eu gosto de música. Desde sempre.
Meus pais tem fotos em que estou de fralda, tocando um violãozinho, toda performática. Minha mãe ouvia (e ainda ouve) Guilherme Arantes, Almir Sater (até fomos a um show juntas), umas paradas mais eletrônicas loucas tipo Tomita e Kraftwerk, new age e tals… Meu pai é mais raiz caipira, adora uns modão. E os dois tinham paixão por Jovem Guarda e Abba. Então, está aí a resposta para meus gostos tão aleatórios =P

A música tem o poder de deter uma memória pessoal nela, de levantar nosso astral, de nos consolar, influenciar… além de refletir o comportamento de determinadas épocas.

Essa semana uma colega postou um link muito interessante, e que me fez parar para pensar em como tem muitas letras, ‘eruditas’ ou popularzona, que nos desrespeitam D.E.S.C.A.R.A.D.A.M.E.N.T.E., e passam.

Quer ver:

– “Mulher Indigesta” – Noel Rosa – 1932 – “Mas que mulher indigesta / Merece um tijolo na testa”
“Já Já (Se essa mulher fosse minha)” – Sinhô – 1926 – “Se essa mulher fosse minha eu tirava do samba já já / Dava uma surra nela que ela gritava chega, chega, ó meu amor…”
– “Galos de Briga” – João Bosco – “Quando você gritou mengo/No segundo gol do Zico/ Tirei sem pensar o cinto/ E bati até cansar”

Bom, tem essas e outras no MMPB – Música Machista Popular Brasileira, um projeto que tem por objetivo mostrar o que tem de problemático nas letras de músicas de ontem e de hoje.

MMPB_divulgação

Lá tem a letra, vídeo, e uma explicação dos trechos destacados.
E tem de tudo, viu: MPB, Sertanejo, Rock, Funk…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s